O intestino é um dos órgãos mais importantes do corpo humano. Ele atua na eliminação de toxinas e resíduos indesejados, além de quebrar os alimentos, auxiliar na absorção de água e formar o bolo fecal. Por isso, é fundamental manter em dia a saúde do intestino. A grande questão é como fazer isso de uma forma consistente.

Para ter uma boa saúde do intestino, algumas medidas podem ser muito bem-vindas. Confira algumas delas e procure adotá-las para ter uma atuação sempre equilibrada do seu intestino.

1- Tenha uma dieta rica em vegetais

Uma das dicas de ouro para a saúde do intestino é comer muitos vegetais no seu dia a dia. Uma das principais razões para isso é que alimentos de origem vegetal costumam ser ricos em fibras, que serve de alimento para as bactérias boas que habitam o intestino.

2- Consuma alimentos fermentados

Alimentos fermentados, que trazem micro-organismos vivos em sua composição, podem ser muito benéficos à saúde do intestino.

Iogurte natural, kefir, kombucha e kimchi são alguns exemplos de alimentos fermentados que contribuem para a proliferação das bactérias boas no seu intestino.

(Leia também: Alimentação saudável para mulheres: 7 ótimas dicas

3- Evite alimentos ultraprocessados

Os temidos alimentos ultraprocessados ameaçam não apenas a saúde do intestino, mas o equilíbrio do organismo de forma ampla.

Estudos demonstram que as comidas muito processadas estão associadas a bactérias ruins, além de empobrecer a diversidade de bactérias boas no intestino.

4- Mantenha uma rotina de exercícios físicos

Deixar de lado o sedentarismo e apostar em uma rotina de atividades físicas é uma das melhores estratégias para fortalecer a saúde do intestino.

Pessoas ativas tendem a fazer o próprio metabolismo funcionar melhor, o que afeta positivamente o trânsito intestinal.

5- Beba uma quantidade adequada de água

Se hidratar é fundamental para o organismo funcionar de maneira adequada. Isso se aplica também à saúde do intestino, já que a água se alia às fibras para favorecer a formação do bolo fecal e o trânsito intestinal.

6- Evite situações e picos de estresse

Você sabia que o intestino é conhecido como segundo cérebro? A razão para isso é a semelhança entre os dois, o intestino tem um grande volume de neurônios e produz mais de 30 neurotransmissores.

Não por acaso, o intestino é sensível a situações de estresse. Procure manter a serenidade como forma de promover o bem-estar e garantir o equilíbrio do organismo.

7- Descubra se você tem alguma intolerância alimentar

Muitos incômodos sentidos na região da barriga podem estar associados a algum tipo de intolerância alimentar. É muito importante que cada pessoa conheça o seu próprio corpo.

Para manter a saúde do intestino em dia, conte com a ajuda do Laboratório Cella para compreender se você tem algum tipo de intolerância alimentar.

 

Fonte: Ministério da Saúde