Ao longo de 2020, aprendemos a adotar hábitos até então raros para evitar uma maior proliferação do novo coronavírus. Muitos desses cuidados básicos de saúde serão importantes mesmo depois que superarmos a pandemia.

Você, provavelmente, ouviu falar em “novo normal”. Esse conceito bastante repetido nos últimos tempos tem a ver com os cuidados básicos de saúde que vão nos proteger contra doenças futuras.

Uma proteção perene

A pandemia de covid-19 nos mostrou da forma mais dura possível que é preciso adotar medidas de precaução. Milhões de vidas já foram salvas no mundo graças a medidas simples de higiene e distanciamento.

A vacina está próxima, mas ela não representa um salvo-conduto para retomarmos a vida exatamente como era antes. Se nos cuidarmos, vamos acelerar a imunização e possibilitar que a doença seja erradicada. 

Além disso, os hábitos de proteção ajudam a evitar que uma doença futura cause tantos problemas quanto a covid-19. Claro que não teremos como impedir que uma nova doença apareça, a questão é minimizar a curva de contágio logo no início. Essa lição podemos tirar da pandemia que o mundo enfrenta desde o início de 2020.

Veja a seguir quais cuidados básicos de saúde devem ser mantidos de forma contínua!

1- Use máscara

O uso de máscara é um hábito antigo em países como Japão e China, mesmo quando não há pandemia. Esse objeto um tanto incômodo reduz significativamente a troca de fluidos respiratórios e, consequentemente, limita o espalhamento de diferentes tipos de vírus.

A máscara é ainda mais importante em ambientes fechados onde o ar não é renovado. Quando superarmos a covid-19, haverá uma orientação mais clara por parte das autoridades sobre o uso de máscara. Por enquanto, ela segue como uma arma fundamental.

2- Lave bem as mãos

Manter as mãos limpas é um hábito trivial de higiene, mas muitas vezes passamos algumas horas sem lavá-las. A covid-19 nos mostrou como o contato com objetos contaminados pode levar à contaminação. Por isso, é fundamental lavar as mãos frequentemente.

A dica do álcool em gel segue como um hábito complementar. Quando você não puder lavar as mãos com sabão, tenha o seu frasco de álcool em gel 70% para a higienização. Vale lembrar que o álcool 70% é importante também para limpar objetos, sobretudo aqueles compartilhados com outras pessoas.

3- Não despreze o distanciamento social

Na longa caminhada contra a covid-19, o afastamento de outras pessoas tem sido um dos grandes desafios. O ser humano é um animal social e a falta de convívio não é nada benéfica.

A superação da covid-19 vai possibilitar que a gente volte a ter maior contato e até mesmo a produzir aglomerações. Ainda assim, fica a lição de que grandes grupos reunidos favorecem a disseminação de diferentes tipos de vírus.

A recomendação é que se tenha bom senso e que se evite aglomerações desnecessárias. Por exemplo, ir a uma loja no horário de pico. Mas é claro que há situações inevitáveis, como eventos culturais e esportivos.

4- Durma bem e tenha uma alimentação saudável

Dormir bem e comer de forma equilibrada são dicas de ouro para uma vida saudável. Esses hábitos, somados à prática de exercícios físicos, fortalecem o sistema imunológico e nos deixam menos vulneráveis a diversas doenças.

É importante manter uma regularidade no sono para não confundir o relógio biológico. Na alimentação, a dica é ter variedade e apostar nos alimentos mais naturais.

Esses cuidados básicos de saúde vão ajudar a humanidade a encarar futuras doenças com muito menos perdas. É um esforço coletivo!

 

Fonte: Ministério da Saúde