A depressão é um transtorno mental e uma doença psiquiátrica que merece a atenção da sociedade. Muitas pessoas desconhecem os principais sintomas da depressão e, muitas vezes, isso permite que um quadro se agrave.

É fundamental que se reconheça a depressão como problema de saúde pública a ser enfrentado. Não adianta varrer a tristeza para baixo do tapete, o mais correto é compreender o problema do ponto de vista clínico para tratar da melhor maneira possível.

Conheça alguns dos principais sintomas da depressão para saber identificar essa doença. Vale destacar que nem sempre esses sinais são uma evidência absoluta de depressão, por isso a recomendação é ter um acompanhamento médico frequente, como forma de cuidar da saúde de forma plena e identificar alterações.

1- Irritabilidade e angústia

Dois dos principais sintomas da depressão são a irritabilidade e a angústia. Quando enfrentamos algum grau de irritação e nos sentimos angustiados, devemos entender as razões para isso.

Nem sempre esses dois sintomas indicam um quadro de depressão, pode ser uma tristeza passageira, por exemplo. Porém, não é nem um pouco prudente ignorar alterações desse tipo, o recomendável é ouvir o seu médico.

2- Falta de vontade e de motivação

Sabe quando a gente acorda sem vontade de realizar atividades e pouco motivados para encarar o dia? Quando essa situação se torna recorrente, é importante prestar atenção, pois pode ser um sinal de quadro depressivo.

A desmotivação e o desinteresse geral podem ter diferentes razões, por isso a investigação médica é o caminho ideal.

3- Pessimismo e ideias negativas

Em alguns casos, a desmotivação e a falta de vontade são acompanhadas por uma postura pessimista diante da vida. Isso pode se somar também a ideias negativas, sensação de fracasso e até ideias relacionadas a doenças e morte.

Essa visão mais negativa em relação a si mesmo e ao mundo é motivo para alerta e para uma observação mais aprofundada.

4- Diminuição do desempenho sexual e perda de libido

Outro dos principais sintomas da depressão é o comportamento relacionado ao desempenho sexual. À medida que a atividade deixa de ser prazerosa e a pessoa nota a perda de libido, é importante consultar um médico para entender as razões para essa mudança.

5- Perda de apetite ou perda de peso

É natural que as pessoas tenham dias com pequenas variações em seu apetite, mas uma queda drástica na vontade de comer deve ser investigada. Em alguns casos, isso pode estar relacionado a um sentimento de tristeza, que contribui também para a perda de peso.

6- Insônia

Os distúrbios do sono podem ter relação direto com a depressão. Isso pode se dar pela dificuldade em dormir ou pela necessidade de dormir demais sem uma causa aparente, entre outras alterações.

(Leia também: Como superar a insônia: 5 dicas que fazem a diferença)

7- Dores e outros sintomas físicos

Em muitas situações, o corpo ajuda na identificação de um quadro de depressão.

Alguns sintomas como diarreia, constipação, dores de barriga, sensação de corpo pesado e pressão no peito podem ser um sinal, sobretudo quando não há outra explicação médica para esses sintomas.

O poder dos bons hábitos contra a depressão

É fundamental ressaltarmos que a depressão é uma doença e deve ser encarada dessa maneira, com diagnóstico médico e tratamento contínuo. Um dos caminhos para minimizar as chances de desenvolver um quadro de depressão é manter hábitos saudáveis, que também colaboram para pessoas que já tiveram casos diagnosticados.

Confira todos os posts do nosso blog para ter acesso a dezenas de dicas e orientações para uma vida mais saudável!

 

Fontes: Ministério da Saúde