Ao longo de séculos de história da medicina, incríveis descobertas científicas possibilitaram avanços significativos em relação à prevenção de doenças e cuidados com a saúde de forma ampla. Algumas dessas descobertas merecem um lugar de destaque por terem transformado a forma como vemos certos aspectos da medicina.

No post de hoje, fazemos uma viagem no tempo e destacamos cinco das mais relevantes descobertas científicas da história da medicina. Saiba quais são elas e por que tiveram um papel tão importante.

Bactérias

Em 1675, o holandês Antony van Leeuwenhoek foi o responsável por uma descoberta decisiva para o aumento da expectativa de vida e grandes avanços da ciência. Com a ajuda dos microscópios que ele mesmo fabricava, Leeuwenhoek observou organismos minúsculos se movimentando dentro de uma gota d’água.

O conhecimento a respeito das bactérias permitiu à humanidade compreender a causa de dezenas de doenças até então fatais, que passaram a ser prevenidas e tratadas.

Vacina

A intensa luta contra a varíola foi propulsora para a descoberta da vacina, em 1796. O britânico Edward Jenner fez uma comparação entre o impacto da doença nos humanos e em animais como porcos e cavalos. Com isso, percebeu que a contaminação de uma pessoa pela varíola, que acometia os animais, criava uma resistência contra a sua forma mais poderosa. Essa lógica foi o embrião para a descoberta da vacina.

Raio-X

A descoberta do raio-X, tão importante para diagnósticos mais precisos nos dias atuais, aconteceu em 1895. O cientista alemão Wilhelm Röntgen descobriu o raio-X após desconfiar de uma luz emitida por um aparelho de seu laboratório.

Para tirar a dúvida, ele pediu que sua esposa colocasse a mão sobre uma chapa fotográfica e ligou o aparelho por alguns minutos. Resultado? O desenho perfeito dos ossos dos dedos da mulher, exatamente como conhecemos o raio-X hoje em dia.

Colesterol

Há exatos 107 anos, os estudos sobre doenças cardíacas ganharam um aliado poderoso. O russo Nikolai Anichkov descobriu o colesterol por meio de estudos com coelhos. O cientista encontrou placas nas artérias dos animais bastante similares às encontradas nas aortas de corações humanos.

Conforme seus estudos avançaram, foi possível identificar que o colesterol é um tipo de gordura que deve ter o seu consumo controlado, pois está associado a diferentes doenças.

DNA

Mais recente descoberta científica de nossa lista, o DNA tem seus méritos divididos entre dois cientistas e um físico. O norte-americano James Watson e o britânico Francis Crick publicaram um artigo em 1953 que destacava a estrutura da dupla espiral, a chamada chave da vida.

No mesmo ano, o neozelandês Maurice Wilkins aprofundou os estudos e conseguiu isolar uma molécula de DNA para fotografá-la. A observação revelou a forma de hélice tão característica do DNA. Essa descoberta possibilitou uma verdadeira revolução na biologia molecular, que rendeu avanços expressivos nas décadas seguintes.

As descobertas científicas estão à sua disposição!

Todos os avanços que observamos na história da medicina nos permitem ter recursos importantes para a prevenção de doenças. Além das cinco descobertas científicas que destacamos aqui, há vários outros fatos que mudaram a forma como entendemos a nossa saúde. Quer um exemplo? Os exames laboratoriais! E, por falar neles, queremos convidar você a manter os seus em dia. Clique aqui para conhecer o trabalho do Laboratório Cella e agendar os seus exames.