O TDAH, ou Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade, é uma doença crônica que começa na infância e pode seguir na vida adulta. Conviver com o problema pode ser desafiador, mas é fundamental conhecer as técnicas que ajudam a dominar o TDAH.

O Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) tem caráter neurobiológico e leva à impulsividade e à falta de atenção. Crianças com TDAH apresentam agitação acima do normal, esquecimento, dificuldade de concentração e, consequentemente, problemas escolares e comportamentais.

Confira a seguir cinco atitudes que ajudam a reduzir o impacto do TDAH na vida das crianças.

1- Organize as atividades

Crianças com maior dificuldade de memorização e de concentração devem ser incentivadas a terem uma boa organização das atividades. O uso de uma agenda, por exemplo, é muito bem-vindo e ajuda a praticar a memória.

Os pais podem ajudar a montar um calendário de atividades de lazer e também as obrigações escolares, como provas e trabalhos em grupo. Além da agenda, um mural na parede é uma excelente ferramenta de controle do TDAH.

2- Valorize momentos de relaxamento

É bem importante encontrar a medida certa dos cronogramas e datas a serem lembradas. No mesmo calendário de atividades, separe vários momentos livres para a criança brincar, ler, jogar e fazer o que lhe traga mais prazer.

Esse equilíbrio é muito importante para manter a criança animada e motivada para encarar os desafios dos momentos que exigem maior concentração.

3- Incentive a prática de esportes

Uma vida ativa é um bom hábito em todas as idades e, ainda na infância, pode contribuir para minimizar os efeitos do TDAH. Uma pesquisa realizada pela Universidade de Montreal, no Canadá, mostrou que as crianças que praticam algum tipo de esporte apresentam melhores resultados escolares e têm mais facilidade de concentração.

Além disso, uma vida mais ativa ajuda no controle do peso, na saúde cardiovascular e na disposição no dia a dia.

4- Tenha firmeza quando necessário

Ainda na questão do equilíbrio, é bem importante colocar limites para um melhor desenvolvimento das crianças – especialmente aquelas que apresentam um quadro de TDAH.

A comunicação dos pais é um instrumento precioso, que deve ser utilizado com inteligência. Certos momentos demandam uma postura mais dura de reprimenda, isso ajuda a criança a entender onde errou e como melhorar. Também é recomendável que se destaque os pontos positivos e as conquistas da criança para que ela se sinta valorizada.

5- Tenha uma relação de parceria

Crianças com TDAH têm muito mais condições de atenuar os sintomas dessa doença se tiverem o apoio incondicional dos pais. É muito importante que elas os enxerguem como parceiros para todas as horas.

Os pais devem cobrar quando é o momento para isso, apoiar, elogiar e, principalmente, se fazerem presentes. A dica é ter paciência e persistência para ajudar as crianças a encarar o desafio!

Cuide da saúde das crianças sempre!

O tratamento do TDAH é muito importante ainda nos primeiros anos de vida. É altamente recomendável que os pais deem atenção a todos os aspectos que envolvem a saúde de uma criança. A alimentação, por exemplo, é um pilar da vida saudável em todas as idades. Aqui mesmo em nosso blog, temos um post bem bacana com dicas para criar melhores hábitos alimentares para seus filhos. Confira!

 

Fonte: Ministério da Saúde