Sabe aquela preguiça que bate na gente mais ou menos no meio do dia? Pois o famoso cochilo depois do almoço pode ser benéfico ao nosso organismo.

No post de hoje, explicamos as razões pelas quais o cochilo depois do almoço é tido por muitos especialistas como um aliado da saúde. Isso sem falar no bem-estar que proporciona ao nos ajudar a superar aquela moleza que costuma surgir nesse momento do dia.

O que o cochilo depois do almoço traz de bom para o corpo?

Quando pensamos nos benefícios da sesta, logo vem à mente a ideia de superar aquela preguiça que surge durante o período. Mas o que não imaginamos é o poder que um descanso rápido tem sobre a nossa disposição.

Quem acorda após a soneca, em geral, percebe um verdadeiro salto em sua capacidade de concentração e em seu nível de atenção. Isso possibilita um bom desempenho profissional nas horas restantes de expediente. Dormir um pouco no início da tarde pode tornar você mais produtivo, focado e criativo!

Outro ponto positivo da soneca depois do almoço é aliviar os níveis de estresse e de pressão arterial. É o que mostra um estudo norte-americano.

Mas enganam-se as pessoas que enxergam a sesta como uma forma de compensar noites mal dormidas. O sono noturno é o mais importante para o bom funcionamento do organismo e não deve ser negligenciado.

Dicas para um cochilo perfeito

O cochilo depois do almoço tem todas as condições de favorecer o seu corpo, desde que você tome alguns cuidados fundamentais.

O primeiro deles é fazer uma refeição balanceada e sem exageros. Quando deitamos de barriga cheia e após ingerir alimentos pesados, o impacto em nosso organismo tende a ser negativo. 

O ideal é definir um intervalo de pelo menos uma hora entre o final do almoço e o início do cochilo. Essa iniciativa potencializa o efeito de alerta quando você se levantar.

O outro cuidado é controlar bem o tempo que a soneca vai durar. O cochilo pode se estender entre 20 e 40 minutos para ter um efeito reparador sem que a gente entre no chamado sono profundo. Dessa forma, levantamos bem dispostos a retomar as atividades do dia.

A dica final é encontrar um ambiente propício para o seu cochilo depois do almoço. De preferência, se deite em uma cama ou sofá confortável e evite a luminosidade.

Dica final sobre sono e alimentação!

O tema do post de hoje foi o cochilo depois do almoço, mas, já que falamos em sono, vale a pena trazermos uma dica final sobre alimentação. As refeições no período noturno devem ser mais leves do que aquelas que realizamos no almoço e no café da manhã. Com isso, o nosso corpo tem mais condições de uma recuperação plena durante o sono profundo. 

Lembre-se que o organismo humano é preparado para trabalhar durante o dia e descansar durante a noite! Quer mais dicas sobre saúde? Então confira os outros posts do blog do Laboratório Cella

 

Fonte: Sleep.org